VIAGEM SOZINHA: O MEDO DE SE PERDER

COVV - VIAGEM SOZINHA: O MEDO DE SE PERDER

Se você também tem medo de se perder em uma viagem sozinha, toca aqui!

Acho que esse é o meu maior medo quando saio da minha casa e da zona de conforto das ruas conhecidas do meu bairro pra desbravar o mundo. Quando é viagem que envolve mais de uma cidade ou país, então, tenha a certeza que todo dia de mudança vai ser um dia um pouco angustiante pra mim.

Mas eu nunca deixei esse sentimento me impedir. Pelo contrário! Sempre usei ele como um desafio! E aí, quando passa, eu me acho foda! Portanto, aprendi a lidar com ele.

Já teve época que eu achava que esse medo vinha do fato de eu não ter senso de localização, o que descobri mais tarde que não fazia sentido algum. Todo mundo que conheço em viagens ou que viaja comigo elogia esse meu senso. E quer prova maior do que o fato de eu nunca ter me perdido?

E olha que eu viajo sozinha há quase doze anos e comecei numa era em que só tinha mapa de papel.

A verdade é que não tem muita lógica para eu me sentir assim, mas o medo está lá. Então, lido com ele me desafiando e me preparando muito bem. O segredo é estar preparada!

Toda vez que chego em uma cidade nova, já tenho tudo anotado num bloco de notas do meu celular ou salvo em um print de tela. Informações importantes tenho sempre offline, porque se der qualquer problema na internet, eu não sofro prejuízos.

Assim, já sei as formas de chegar no meu hostel, os meios de transporte possíveis e tudo mais que preciso para me achar. Mesma coisa quando vou passear no destino! Já saio com mapas baixados (aplicativos do Google Maps ou do Maps.me que dá pra usar sem internet), informações necessárias e com uma ideia do lugar porque já dei uma estudada prévia. Isso me traz segurança!

Leia mais:

5 APLICATIVOS PARA TE AJUDAR NA VIAGEM

8 DICAS PARA VIAJAR SOZINHA COM MAIS SEGURANÇA

Outra coisa que gosto muito de fazer é observar os lugares em que passo. Reparo as lojinhas, memorizo algumas e isso me ajuda a saber se já passei por ali e a ter uma ideia se estou chegando de volta à “minha área”. Se a sua memória não for tão boa, tire fotos de alguns lugares referência.

Quanto mais você viajar e se acostumar a caminhar por aí, analisando mapas e observando as ruas, mais você ganha confiança para não se perder. Mesmo eu sentindo esse medo até hoje, tenho essa confiança, e é ela que me ajuda a lidar com o meu medo, porque no fundo, eu sei que vai ficar tudo bem!

Beijos,

Flavia Goulart

livro capa blog - VIAGEM SOZINHA: O MEDO DE SE PERDERJá conhece o meu livro TÔ INDO VIAJAR SOZINHA? Nele, eu te encorajo a dar o primeiro passo e te ajudo a organizar essa viagem de forma segura. Clique aqui para conhecer.

Autor: Flavia Goulart

Flavia Goulart é carioca e ama viajar, principalmente sozinha. Desde nova sonhava em conhecer o mundo e transformou isso em um estilo de vida. Com 33 anos já conheceu 32 países e sua meta é continuar conhecendo lugares, culturas e pessoas.