PRECISO VISITAR TODAS AS ATRAÇÕES DO DESTINO?

IMG 6508 - PRECISO VISITAR TODAS AS ATRAÇÕES DO DESTINO?

O que vejo de gente deseperada, fazendo mil planos, do dia a dia da viagem, planejando hora por hora do que irá fazer não está no gibi. E isso me faz refletir de onde vem essa necessidade que a gente tem de saber que “viu tudo”. Que é uma ilusão, né? Porque a gente nunca vai ver tudo! Eu moro no RJ há mais de 30 anos e ainda não vi tudo. E nem verei!

IMG 1596 e1531238485180 772x580 - PRECISO VISITAR TODAS AS ATRAÇÕES DO DESTINO?
Nem as praias do Rio de Janeiro eu vi todas…

Claro que a gente viaja para ver coisas, mas a gente não precisa entrar no modo metralhadora, porque no meio dessas coisas todas, pode ter alguma atividade que não tem nada a ver com você. E aí você vai fazer só porque o guia ou o blog disseram que era imperdível?

Posso estar sendo até louca em dizer isso, já que eu tenho um blog em que dou dicas do que fazer em cada lugar, mas nos meus posts eu sugiro e informo o que tem pra se ver ali, não obrigo ninguém. Claro que essas ferramentas ajudam muito a gente a construir nossa viagem, mas você tem que escolher por si.

Por isso que sempre digo que o processo pré viagem é tão importante. Porque é ali que você começa a viajar e a escolher tudo aquilo que você sonha em ver. QUE VOCÊ SONHA EM VER. Não o que os outros acham que você deve ver.

DSC02636 773x580 - PRECISO VISITAR TODAS AS ATRAÇÕES DO DESTINO?
Eu decidi conhecer a Bulgária quando estive no Leste Europeu. Você conhece muita gente que já foi pra lá? Não! Por que eu fui? Porque era um sonho conhecer o país de origem das ginastas que eu amava assistir quando criança (eu pratiquei Ginástica Artística por alguns anos).

A culpa de não fazer o que todos estão fazendo

Tira esse peso das costas de que você precisa ver tudo ou conhecer 10 países em 7 dias de viagem. A ideia de viajar é pra, além de conhecer os monumentos, os museus, as igrejas e etc, fazer você vivenciar aquele destino, entrar em contato com outras culturas e pessoas, te enriquecer. Então se você está tão absorvido pelos seus planos de que a catedral tal fecha às 17h, você não está vivendo aquele momento de fato.

Fotos

E aí eu entro em outro ponto polêmico: as fotos. E se torna mais polêmico porque eu também possuo um Instagram de viagens aonde o prato principal são fotos. Rs

Quanta gente vê as belezas do mundo através da tela de seus celulares? Claaaro que a gente tem que tirar várias fotos mesmo! Quando eu fui pra Grécia, acho que foram 1000 fotos em 5 dias. Mas a gente precisa aprender a sentir o lugar, apreciar a experiência!

O que eu faço é chegar no lugar, dar aqueeeela apreciada, sentir meu coração bater mais forte por estar realizando aquele sonho, depois tiro umas fotos lindas e reservo mais um tempinho pra curtir o lugar. Ano passado, por exemplo, quando realizei meu sonho de conhecer a Rússia, lembro que cheguei na Catedral de São Basílio e fiquei uns 15 minutos só embasbacada, sem pegar o celular, pensando em como eu sonhei viver aquele momento! Depois finalmente tirei umas selfies, pedi para uma pessoa tirar umas fotos para mim (pois eu estava sozinha) e fiquei mais meia hora admirando cada detalhezinho daquela arte maravilhosa!

Dá pra fazer tudo, viu?

19 AGO 2017 SÁBADO5c016e1a 99fa 4e70 874c fea5005548a1 773x580 - PRECISO VISITAR TODAS AS ATRAÇÕES DO DESTINO?
Teve selfie todo dia, sim senhor!

Como viajar melhor

Mas voltando ao tópico principal desse post, eu vou dar umas dicas para vocês de como eu faço quando vou viajar. Qual meu critério de escolhas do que conhecer.

Primeiro, como já falei, leio muito na internet sobre cada cidade que vou (isso antes até de definir que vou para aquele lugar, mas se você não é tão louco por viagens como eu, pode começar a fazer isso quando for organizar sua trip).

Eu leio em blogs nacionais e estrangeiros também. Os blogs gringos são legais, porque pela minha experiência cada povo curte um tipo de coisa. Claro que tem atrações em que o mundo todo vai, tipo Torre Eiffel em Paris, mas por exemplo, na Grécia, aonde você tem 200 milhões de opções de ilha pra conhecer, os europeus curtem as ilhas X, os brasileiros já sabemos que é o combo Santorini x Mykonos e mais recentemente Zakynthos com sua famosa Navagio Beach. Então, às vezes, nos blogs gringos você descobre lugares que nem imaginou que existissem.

Você pode checar as hashtags dos lugares no Instagram também. Ajuda muito!

Depois dessa pincelada do que eu quero ver, eu começo a ler profundamente sobre cada coisa e aí defino o que de fato eu quero visitar em cada lugar.

A próxima fase é decidir o meu day by day. Mas Flavia, lá em cima você chamou de desesperadas essas pessoas que planejam o seu dia de viagem. Calma! Eu faço das duas formas.

Às vezes gosto de ir livre (90% das vezes em que estou viajando sozinha, porque quero receber o que a vida está disposta a me dar), e às vezes programada (normalmente quando estou acompanhada). Mas quando faço programada, não coloco 700 coisas para fazer num dia. Eu determino as atrações que estão mais perto umas das outras e deixo um tempo para caso eu queira sentar numa praça e observar, ou ir num supermercado para fuxicar o que aquele povo come ou até mesmo ficar 1 hora a mais naquela atração que eu não esperava que fosse tocar tanto meu coração. Mais um vez eu digo: a gente precisa aprender a viver o momento integralmente.

Meu case de sucesso na Rússia

Contando mais uma vez sobre minha experiência da Rússia, que foi uma viagem de fato transformadora, eu não fui ao Palácio de Verão de Catarina, nos arredores de São Petersburgo. Ele até estava na minha programação inicial, mas chegou lá e eu me apaixonei tanto por Peters (apelido carinhoso da cidade), que eu só queria caminhar, observar as pessoas,  parar numa praça e sentir o solzinho russo no meu lombo e ouvir o músico tocar ao ar livre bem em frente ao Hermitage. Acabou que não deu tempo.

14 AGO 2017df74d722 0d3e 4e58 8235 45d84af1510e 773x580 - PRECISO VISITAR TODAS AS ATRAÇÕES DO DESTINO?
Chegando no praça em frente ao Hermitage. Acho que passei quase duas horas ali sentada no chão ouvindo o músico = )

Aí na hora me bateu aquela: poxa eu vim até a Rússia e não fui ver o palácio? Mas logo pensei: gente eu aproveitei tanto esse lugar! Que culpa é essa que eu tô sentindo por não ter ido lá? Um dia eu volto e vejo e se não voltar, tá tudo bem também!

E vou te falar, que nesse mesmo dia em que eu fiquei passeando eternamente, eu conheci um russo no meio da rua, que me mostrou várias coisas da cidade que eu nunca nem li na internet. Sacou a beleza da vida?

13 AGOSTO 2017b733a67b 919c 4f88 b5fa aa6b4e9163ce 773x580 - PRECISO VISITAR TODAS AS ATRAÇÕES DO DESTINO?
Foto tirada pelo meu amigo russo. Rs

Então, meu povo, meu conselho é: se programe, sim! Defina o que você quer ver, sim! Mas reserve tempo para a vida acontecer também! E não se culpe se por acaso você não viu tudo que todo mundo viu! Provavelmente você viu coisas que ninguém viu e assim foi mais feliz!

Se você quer continuar esse bate papo incrível, pode comentar aqui ou me mandar uma direct lá no Instagram! Vou adorar conversar e aprender mais com vocês.

Beijos,

Flavia Goulart

Autor: Flavia Goulart

Flavia Goulart é carioca e ama viajar, principalmente sozinha. Desde nova sonhava em conhecer o mundo e transformou isso em um estilo de vida. Com 33 anos já conheceu 32 países e sua meta é continuar conhecendo lugares, culturas e pessoas.